Teoria

Introdução ao Corset

Corsets são peças cortadas em múltiplos painéis, unidos por numerosas costuras e estruturados com hastes rígidas para assegurar que a peça não deforme sob a tensão da redução praticada no perímetro da cintura. Tem a função de corrigir a postura, dar suporte abdominal e delinear de forma destacada o contorno da cintura.

Quais são as vantagens de usar corset?

O corset tem um efeito profundo de reeducação corporal. Sua estrutura firme melhora a postura, modela o corpo e reduz efetivamente medidas, afinando até 10 cm a cintura e reduzindo o acúmulo de gordura na região abdominal. A peça também auxilia em dietas, pois força o controle alimentar e reduz o chamado “estômago alto”.

Nossas peças são divididas em duas linhas principais: a de uso diário, chamada Tight Comfort, com desenhos básicos e que privilegiam o conforto e a leveza, e a fashion, ideal para festas e eventos mais glamourosos, que foca na beleza da peça e na riqueza de detalhes. Ambas as linhas são desenhadas de maneira a modelar o corpo, proporcionando resistência, conforto e um caimento perfeito.

voltar ao topo

Introdução ao Elastique

O Elastique é uma criação exclusiva da marca Madame Sher Corsets. Resultado da vasta experiência da grife aliada ao compromisso de oferecer aos clientes uma peça mais maleável e prática de usar e abusar! Inaugura o conceito de Corset Elástico, pois seu poder de tensão, sustentação e silhueta supera todas as cintas de mercado, e insere esse acessório no contexto da alta performance das peças da corseteria clássica, mesmo sem amarras e outras estruturas muito rígidas.

voltar ao topo

A História do Espartilho

O corset está presente nos guarda-roupas femininos há mais de 300 anos, mas foi apenas no final dos anos 70 que deu literalmente a volta por cima e passou a ser usado a mostra. Caso tenha interesse em conhecer os detalhes históricos dessa peça, leia nossa matéria aqui: (colocar link para texto Juliana)

voltar ao topo

A Prática do Tight Lacing

Tight Lacing é a denominação internacional dada à prática de usar espartilhos progressivamente ajustados a fim de reduzir alguns centímetros na cintura durante o uso. Mesmo que não seja a intenção, essa prática pode inadvertidamente reduzir a cintura do usuário, inclusive depois que a peça for removida.

Waist Training é a prática de tornar esse uso diário para reduzir em caráter definitivo o perímetro da cintura. No Brasil, considerando o desconhecimento sobre o tema, a criadora da marca Madame Sher, Leandra Rios, popularizou o uso do termo Tight Lacing para se referir também ao treino.

Qual o melhor modelo para começar o Tight Lacing?

Os underbusts destinados a treino devem ser mais curtos da cintura para cima, afim de não interferir na expansão toráxica durante a respiração e não projetar os seios durante os períodos em que o tight lacer estiver sentado.

O modelo mais confortável, sem sombra de dúvidas, é o Waist Cincher em tela. Este tipo de corset faz pressão apenas na cintura, deixando o tórax livre. Na primeira fase do treino, a adaptação, é muito importante optar por um modelo leve e confortável. Esse modelo também é perfeito para dormir.

Nos casos de acúmulo de gordura na região dos flancos e ‘cintura dupla’ deve-se optar por um Waist Cincher Vertical ou Underbust Clássico.

voltar ao topo

Cuidados e contra-indicações

O treino para a redução definitiva de medidas da cintura requer uma série de cuidados, incluindo acompanhamento médico e exercícios de compensação para a musculatura que passa parte do dia sustentada pela estrutura do corset. O Waist Training exige disciplina espartana a fim de usufruir os benefícios da mudança corporal sem sucumbir aos potenciais danos físicos que o uso irresponsável e desinformado pode trazer.

Quantas horas por dia deve-se usar o corset?

Geralmente o uso do corset durante 6 a 8 horas diárias é suficiente, garantindo resultados a partir de duas semanas. Pode-se usar o corset por mais tempo, desde que sejam feitos abdominais na mesma proporção. O uso muito prolongado do corset tende a refletir em perda do tônus muscular da região abdominal, que é compensada com exercícios específicos, de preferência com acompanhamento de um especialista.

É necessário consultar um médico antes de começar o treino com o corset?

Sim. É imprescindível consultar um médico antes de iniciar o treino para saber se não existem contra-indicações no seu caso. Além da consulta inicial, que verificará possíveis comprometimentos de orgãos internos, problemas circulatórios, de coluna, respiratórios e outros, é importante que haja um acompanhamento semestral com um ortopedista.

voltar ao topo

Prática

Como escolher o modelo

A escolha do modelo do corset deve ser baseada no uso a que a peça se destina. Os corsets para uso fashion não têm restrição de modelo e material, podendo ser escolhidos de acordo com o gosto pessoal. Você pode escolher entre os designs do site, mandar seu próprio desenho ou solicitar uma releitura de modelos internacionais. Se o intuito é a redução de medidas através do uso diário do corset, os modelos adequados são os UnderBusts ou Waist Cinchers. Neste caso, opte por tecidos e acabamentos em fibras naturais como algodão. Leve também em consideração o seu tipo de corpo: espartilhos com painés diagonais dão melhor sustentação ao baixo ventre e são especialmente recomendados para mulheres de manequins a partir do 40. Painés paralelos valorizam mulheres magras.

Disponibilizamos assistência na escolha do modelo ideal para cada tipo de corpo. Basta escrever para contato@madamesher.com.br com foto do tronco, suas medidas, resumo da rotina diária e objetivo.

voltar ao topo

Como fazer sua encomenda

Aceitamos encomendas de todo o país, que podem ser feitas diretamente pelo site. Para essa modalidade de encomenda, é necessário enviar as medidas completas por e-mail.

Moradores de São Paulo e visitantes têm a opção de serem atendidos pessoalmente no atelier, no bairro do Paraíso, onde podem provar os modelos, receber instruções de uso e tirar suas medidas.

voltar ao topo

Como tirar as medidas

Para o sucesso e conforto do corset, é muito importante que as medidas sejam tiradas corretamente.

Tirar as medidas para o corset é uma tarefa simples. Elas devem ser tiradas sem folgas, mas com cuidado para não apertar. Todos os corsets são ajustáveis atrás, mas mesmo assim é importante que as medidas estejam corretas para que a peça tenha um caimento perfeito. Em caso de dúvidas, peça ajuda a uma costureira ou mande-nos um e-mail.

  • Busto- circunferência do busto na altura dos mamilos
  • Tórax- circunferência da linha abaixo dos seios.
  • Cintura- dois dedos acima do umbigo.
  • Bacia- quatro dedos abaixo do umbigo.
  • Quadril- parte mais larga do corpo
  • Medida A começa na linha da cintura e termina um pouquinho abaixo da linha da bacia
  • Medida B começa na linha do tórax e termina na linha da cintura.

Informe também sua estatura, peso e número do sutiã.

voltar ao topo

Como vestir o Corset

Caso se trate de um modelo de uso diário certifique-se de proteger sua pele antes de vestir o corset, isso pode ser feito através do uso de um tubinho de algodão com um pouco de lycra chamado liner. O liner é feito no comprimento médio de um underbust e comercializado pela nossa marca nos tamanhos P, M, G e GG, na cor bege. O liner deve ser usado um número menor que o de blusas para que ao ajustar o corset sobre ele não sobre dobras de tecido.

Todo o processo deve ser feito diante de um espelho, para você conferir se o ajuste está sendo feito de forma correta nos pontos necessários.

Antes de vestir o corset abra a amarração das costas ao máximo, sem desfazer o nó inferior.

Coloque o corset aberto ao redor do corpo e encaixe os fechos frontais. Para facilitar essa tarefa você pode inclinar levemente o busk (fecho) do lado direito e posicioná-lo em cima dos pinos. Encaixe primeiramente os fecho centrais e depois siga para as extremidades.

Vire-se de costas para o espelho. Caso esteja usando painel protetor para as costas, posicione-o corretamente, esticando-o sobre as costas, antes de começar a ajustar o corset.

No meio da amarração das costas existem dois elos. Puxe-os com os polegares. Não é necessário fazer muito esforço. Pegue o cordão pela parte inferior do elo e puxe-o para cima.

Enrole o fio na mão para ter mais firmeza no pulso e continue puxando até ajustar a parte inferior do corset. Tome cuidado para não apertar demais a região para evitar prender a circulação sanguínea.

Agora faça o processo inverso. Encontre a parte superior do elo e puxe para baixo. Continue puxando até ajustar o corset perfeitamente ao tórax, sem excessos.

Um corset apertado no tórax pode causar enorme desconforto, marcar a pele mais que um sutiã e até dificultar a respiração.

Agora volte sua atenção para o nó da cintura. O ajuste principal é feito depois que o primeiro nó é dado, puxando o cordão para as laterais com força. Este nó é o segredo do ajuste perfeito do corset.

voltar ao topo

Dicas de uso e conservação

  • Evite usar a peça diretamente sobre a pele, principalmente durante longos períodos. O uso de um tubo de malha ou segunda pele ajuda a proteger sua pele do atrito e seu corset da transpiração e resíduos corporais.
  • Não empilhe outras peças de roupa sobre seu corset, procure mante-lo em nossa caixa ou embalado com um saco de tecido.
  • Não use o cordão amarrado ao redor da cintura para evitar deformar a peça. Essa prática deforma as barbatanas e desgasta o tecido ao redor da cintura.
  • Modelos com bojo pré-moldado requerem cuidados especiais: alguns deles têm estrutura metálica embutida no viés para firmar o decote. Tome cuidado para não deformar essa estrutura e sempre a ajuste assim que vestir o corset, para um bonito caimento da peça. Lave seu corset à mão, com sabão neutro, de preferência num dia quente, para que seque rapidamente. Nunca use máquina de lavar ou centrífuga. Não torça, apenas vá apertando a peça no sentido do comprimento para tirar a água e deixe secar naturalmente. Nunca tente dobrar seu corset nem passá-lo a ferro.
  • Modelos em couro ou verniz devem ser limpos com pano úmido e arejados de tempos em tempos. Você também pode aplicar hidratante corporal no couro com pano macio para recuperar brilho e maciez, ou usar produtos específicos de conservação destes materiais. Os corsets em verniz sintético podem ser lavados ocasionalmente.
  • Modelos de brocado, seda pura ou bordados devem ser limpas a seco por uma lavanderia de confiança com experiência nesse tipo de peça.

voltar ao topo

Outras Dúvidas

Qual a importancia dos fechos frontais do corset?

Os fechos frontais fazem uma grande diferença na hora de colocar seu corset, pois com eles você não precisa desfazer e refazer a complicada amarração das costas todas as vezes em que for vesti-lo. Assim, você poderá vestir-se sozinha e rapidamente sem precisar de ajuda.

Todos os corsets tem amarração nas costas?

Sim. Todo espartilho de verdade tem amarração nas costas. Desta amarração depende o correto ajuste da peça, que deve ser feito pela cintura, ao contrário das imitações, onde o laço é dado na parte inferior traseira do corselet ou corpete.

O que é liner?

Liner é um tubinho de malha (93% algodão e 7% elastano). A função do liner é proteger a pele de atrito direto com o corset e o corset da transpiração e resíduos corporais, diminuindo assim a quantidade de lavagens necessárias para manter a higiene do corset. Você pode encomendar liners junto com seu corset. Disponível em nude- R$ 50,00 o par. Dicas

  • Troque o liner diariamente no verão
  • Use o liner pelo lado avesso para as costuras não marcarem a pele
  • Nunca use corsets de tela sem liner
  • Quando estiver usando jeans, prenda o liner um pouco abaixo da calcinha para evitar que o corset force o cós da roupa contra a pele.

voltar ao topo

Opinião das Clientes